sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A morte de tudo

É dificil a situação que me encontro. Hoje, 11 dias depois de meu mundo ter desabado, estou melhorando e, tentando deixar que a minha ferida cictrize. Tive o desprazer de conhecer bem de perto o pior sentimento que senti até hoje: A DECEPÇÃO. Se decepcionar com a pessoa que vc mais ama é dificil, dói, esmaga o coração, o nosso ego e destrói nossa alma, muitos planos, sonhos...
É claro que todos nós erramos, somos seres humanos, mas acredito que a diferença está na maneiroa como vc lida com esses erros. Se vc tenta consertar, se vc tenta não machucar ainda mais a outra pessoa, o que vc faz pra tentar amenizar seu erro...tudo isso faz diferença, mas se vc erra e não se importa com o outro lado, se vc erra e não se preocupa em se redimir, em pedir seu perdão de coração...então, seu erro se torna ainda maior.
Tem situações que a gente passa e nos faz refletir muito sobre a vida, sobre quem somos, quem fomos e quem seremos, nossas atitudes. E isso faz com que aprendamos mais ainda, aaaah a vida é mesmo uma caixinha de surpresas!!
Estou com as idéias embaralhadas e com uma forte decepção de fim da vida, aquele tipo de surpresa que vc realmente jamais espera, aquela coisa que pra vc era impossível, aquela morte de tudo que vc acreditou...
Na verdade, inconformada com tudo que está acontecendo. Como dizem por ai: "Coração de gente, é terra que ninguém pisa". É verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário